Biblioteca Virtual da América Latina

Biblioteca Virtual da América Latina

América Latina

Paraguai

Nome oficial: República do Paraguai
Localização: Centro da América do Sul; a nordeste da Argentina, a sudoeste do Brasil e a sudeste da Bolívia
Estado: República Presidencialista
Capital: Assunção
Idiomas: Espanhol; Guarani
Moeda: Guarani
Superfície: 406.752 km²
População: 6.127 milhões
Clima: Subtropical
Data de independência: 15 de maio de 1811
Constituição: 1992

O território paraguaio está localizado no centro da América do Sul; a nordeste da Argentina, a sudoeste do Brasil e a sudeste da Bolívia. O Rio Paraguai é a principal via comercial devido à falta de acesso ao mar e divide o país em duas regiões: Oriental, planalto, e Ocidental ou Chaco com terras e planícies cobertas por vegetação diversificada. A palavra Paraguai tem origem do Guarani - paraguá + i ou y , significando 'rio das coroas de palmas' ; ou ainda ' rio dos papagaios'. No século XVI essa região era habitada pelos índios guaranis, os mais influentes, e os gaycurus e payaguás, que viviam entre os rios Paraná e Paraguai. Os primeiros europeus que chegaram à essa região nesse século foram os portugueses quando Aleixo Garcia partiu do litoral brasileiro atingindo o interior da Bacia Platina, e os espanhóis que fundaram o forte de Nossa Senhora da Assunção em 1537 e que originaria a futura capital da província do Rio da Prata que fazia parte da importante rota de comércio entre Assunção e São Vicente no Brasil. Em 1617 a Espanha divide a região em dois Vice-reinados - o da Prata, com sede em Buenos Aires, e o do Guairá centralizado em Assunção; é nesse mesmo século que as missões jesuítas espanholas ao sudeste da região são estabelecidas com 33 reduções com uma numerosa população indígena, centros de conversão religiosa, produção agro-pecuária e comercial, e que também serviam como postos avançados contra a expansão portuguesa. Com o surgimento dos movimentos de independência pelos vários territórios que compunham a América do Sul, o Paraguai tornou-se independente em 15 de maio de 1811, e a partir de 1814 torna-se uma ditadura liderada por José Gaspar Rodriguez Francia, que perdurou até 1870 quando o governo era exercido por Francisco Solano López. Nessa época a economia do país estava subsidiada na exportação da erva-mate, tabaco e a madeira. É nesse mesmo período que acontece a Guerra do Paraguai contra a Tríplice Aliança, composta pela Argentina, Bolívia e Brasil para tentar diminuir a influência do Paraguai na região e que posteriormente ficou numa situação de extrema debilidade por muitos anos. Outro momento delicado para o país foi a Guerra do Chaco travada com a Bolívia no período de 1932 a 1935, sendo essa região anexada pelo Paraguai. Ao longo do século XX o país conviveu com inúmeros governos ditatoriais, sendo um dos mais longos o do general Alfredo Stroessner. Com a constituição de 1992 o Paraguai passa por momentos de redemocratização, e os presidentes eleitos pelo voto popular. A população do Paraguai é composta em sua maioria por mestiços de ameríndios e brancos; é caracterizado por uma economia de setor primário com produtos como o milho, mandioca, cana de açúcar, soja, fumo, café, erva-mate, entre outros. As Missões Jesuítas de la Santíssima Trinidad de Paraná e Jesus de Taravangue é considerada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

Fonte: Guia geográfico ( www.guiageo-americas.com ); Enciclopédia contemporânea da América Latina e do Caribe. São Paulo: Boitempo Editorial, 2006; P@íses - IBGE (www.ibge.gov.br/paisesat/).

Saiba mais:

Memorial da América Latina
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 • 01156-001 • São Paulo/SP • Brasil
Tel: (55 11) 3823-4600 - Todos os direitos reservados - 2009